Weby shortcut
logo-evento-escoteiro

XI Gincana Escoteira Distrital do Ramo Lobinho

Evento

: Nas áreas verdes das Escola de Engenharia Elétrica, Mecânica e de Computação (EMC)

: 30 a 30 Setembro 2017

A União dos Escoteiros do Brasil – Região Escoteira de Goiás promoverá no dia 30/09/2017, de 14h às 18h a XI Gincana Distrital do Ramo Lobinho, nas áreas verdes das Escola de Engenharia Elétrica, Mecânica e de Computação (EMC) e Escola de Engenharia Civil e Ambiental (EECA). O evento contará com a presença de 300 lobinhos e chefes escoteiros, que desenvolverão atividades na temática de jogos medievais.

Outro evento a ser destacado é o acampamento modelo da Tropa Escoteira do Grupo Escoteiro Ipê Amarelo – UFG que acontecerá no mesmo local nos dias 30/09/2017 a 01/10/2017, que contará com cerca de 40 escoteiros e chefes escoteiros desenvolvendo atividades de pionerias e comida mateira.

A União dos Escoteiros do Brasil é uma sociedade civil de âmbito nacional, de direito privado e sem fins lucrativos, de caráter educacional, cultural, beneficente e filantrópica, reconhecida de utilidade pública, que congrega os Grupos de Escoteiros no Brasil.

Os Grupos Escoteiros são os órgãos mais importantes dessa estrutura, pois é neste nível que acontece a aplicação do Escotismo. Eles são organizados e constituídos na forma do Estatuto da União dos Escoteiros do Brasil (UEB). Na UFG temos o Grupo Escoteiro Ipê Amarelo – UFG com atividades voltadas para crianças e jovens, filhos de servidores da UFG e da comunidade. As crianças e jovens são divididas em ramos, conforme a idade: Ramo Lobinho: de 07 a 10 anos; Ramo Escoteiro: de 11 a 14 anos; Ramo Sênior: de 15 a 17 anos; e Ramo Pioneiro: 18 a 21 anos.

Escotismo

Fundado por Lorde Robert Stephenson Smyth Baden-Powell, em 1907, o Escotismo é um movimento mundial, educacional, voluntariado, apartidário, sem fins lucrativos. A sua proposta é contribuir para que o jovem assuma o seu próprio desenvolvimento, especialmente do caráter, ajudando-o a realizar suas plenas potencialidades como indivíduo, cidadão responsável, participante e útil em sua comunidade.

Para alcançar seus objetivos, o Escotismo prega o desenvolvimento do jovem por meio de um sistema de valores que prioriza a honra, baseado na Promessa e na Lei escoteira e, através da prática do trabalho em equipe e da vida ao ar livre, fazer com que o jovem assuma seu próprio crescimento, tornar-se um exemplo de fraternidade, lealdade, altruísmo, responsabilidade, respeito e disciplina.

O Movimento Escoteiro convida as crianças e os jovens a desenvolverem de forma equilibrada todas as dimensões da sua personalidade (o corpo, a inteligência, a vontade, os afetos, a integração social e o sentido da existência). Para ajudá-los nesse propósito, o Programa Educativo agrupa essas dimensões em seis áreas de desenvolvimento, que consideram a variedade de expressão do ser humano: físico, intelectual, caráter, afetivo, social e espiritual, respectivamente, conforme quadro abaixo:

quadro

Os objetivos educativos do Programa Educativo do Movimento Escoteiro são definidos de acordo com cada faixa etária. Estes são uma sequencia de passos intermediários até a conquista de cada um dos objetivos finais e apresentam condutas que os jovens podem alcançar, de acordo com a sua idade.

As atividades educativas são oferecidas às crianças como uma proposta pessoal e são entendidas como indicadores de aquisição das competências. Por competência define-se a união de CONHECIMENTO (SABER algo), HABILIDADE (SABER fazer) e ATITUDE (SABER ser) em relação ao que sabe e faz. Dessa forma, o aspecto educativo da Competência implica no desenvolvimento de uma conduta que revela a incorporação de valores.

Mais informações

Portal da União dos Escoteiros do Brasil – Goiás: www.escoteirosgo.org.br

Fotos:

escoteiro-foto1 escoteiro-foto2 escoteiro-foto3

 

Listar Todas Voltar